terça-feira, 17 de janeiro de 2017

"A IGUALDADE" DO CAPITALISMO >> Oito homens mais ricos detêm mesmo patrimônio que a metade mais pobre do mundo

Da Agência Brasil
O patrimônio de apenas oito homens é igual ao da metade mais pobre do mundo. Os dados foram divulgados hoje (16) pela Oxfam, organização humanitária que luta contra a pobreza, e mostram ainda que a fatia dos 1% mais ricos detém mais que todo o resto do planeta.
O relatório intitulado "Uma economia para os 99%” denuncia o abismo existente entre os mais ricos e o resto da população mundial e apresenta propostas de ações para uma sociedade mais justa e igualitária.
Entre os dados apresentados no documento há referência positiva ao caso do Brasil, onde os salários reais dos 10% mais pobres da população aumentaram mais que os pagos aos 10% mais ricos entre 2001 e 2012, “graças à adoção de políticas progressistas de reajustes do salário mínimo”.
No entanto, as notícias de maneira geral não são boas. No mundo, a renda dos 10% mais pobres aumentou cerca de US$ 65 entre 1988 e 2011, enquanto a renda dos 1% mais ricos aumentou – 182 vezes mais no mesmo período (ceca de US$ 11.800). Além disso, sete em cada dez pessoas vivem em um país que registrou aumento da desigualdade nos últimos 30 anos.
Ao longo dos próximos 20 anos, 500 pessoas passarão mais de US$ 2,1 trilhões para seus herdeiros – uma soma mais alta que o Produto Interno Bruto (PIB) da Índia, país que tem 1,2 bilhão de habitantes.
Nos Estados Unidos, nos últimos 30 anos, a renda dos 50% mais pobres permaneceu inalterada, enquanto a do 1% mais rico aumentou 300%.
Outro exemplo que o documento cita e que revela o tamanho da desigualdade na distribuição de renda é o Vietnã: o homem mais rico do país ganha mais em um único dia de trabalho do que a pessoa mais pobre vai ganhar em um período de dez anos.
De acordo com a Oxfam, os mais ricos acumulam riqueza de forma tão acelerada que o mundo pode ter seu primeiro trilionário nos próximos 25 anos. A ideia de que uma única pessoa possua mais de um trilhão é tão incrível que a palavra “trilionário” ainda não aparece na maioria dos dicionários. O relatório destaca que seria preciso gastar US$ 1 milhão todos os dias durante 2.738 anos para gastar US$ 1 trilhão.
Outra triste conclusão apresentada é sobre as desigualdades de gênero. De acordo com as tendências atuais, o impacto é maior entre as mulheres, que levarão 170 anos para serem remuneradas como os homens.
A Oxfam afirma que as relações econômicas atuais recompensam excessivamente os mais ricos e propõe, como estratégia para diminuir o abismo entre milionários e pobres, tornar essas relações econômicas mais humanas.
“Governos responsáveis e visionários, empresas que trabalham no interesse de trabalhadores e produtores, valorizando o meio ambiente e os direitos das mulheres, além de um sistema robusto de justiça fiscal são elementos fundamentais para essa economia mais humana”, diz o texto.
O relatório fala ainda em cobrança justa de impostos por empresas e pessoas ricas, a igualdade salarial entre homens e mulheres e a proteção do meio ambiente.
“Combustíveis fósseis têm impulsionado o crescimento econômico desde a era da industrialização, mas eles são incompatíveis com uma economia que efetivamente prioriza as necessidades da maioria. A poluição do ar provocada pela queima de carvão causa milhões de mortes prematuras em todo o mundo, enquanto a devastação causada pelas mudanças climáticas afeta mais intensamente os mais pobres e mais vulneráveis. Energias renováveis sustentáveis podem garantir o acesso universal à energia e promover o crescimento do setor energético respeitando os limites do nosso planeta”.
O relatório da Oxfam foi divulgado um dia antes do início do Fórum Econômico Mundial, que vai debater alguns desses assuntos ao longo desta semana, em Davos, na Suíça. No evento, estarão reunidos os principais atores políticos e econômicos do mundo para discutir, entre outros temas, a questão das alterações climáticas.
Bilionários
O estudo da Oxfam cita a lista divulgada pela revista americana Forbes, em março de 2016, com os nomes dos homens mais ricos do mundo à época. Bill Gates, fundador da Microsoft, lidera o ranking, com uma fortuna de US$ 75 bilhões; seguido pelo espanhol Amancio Ortega, fundador da Inditex, empresa-mãe da Zara (US$ 67 bilhões); pelo americano Warren Buffett, acionista da Berkshire Hathaway (US$ 60,8 bilhões); pelo mexicano Carlos Slim Helu, dono da Grupo Carso (US$ 50 bilhões); e pelos americanos Jeff Bezos, fundador e principal executivo da Amazon (US$ 45,2 bilhões); Mark Zuckerberg, cofundador e principal executivo do Facebook (US$ 44,6 bilhões); Larry Ellison, cofundador e principal executivo da Oracle (US$ 43,6 bilhões) e Michael Bloomberg, cofundador da Bloomberg LP (US$ 40 bilhões).
De acordo com o relatório, os 1.810 bilionários (em dólares) incluídos na lista da Forbes de 2016, possuem um patrimônio de US$ 6,5 trilhões – a mesma riqueza detida pelos 70% mais pobres da humanidade.

COERÊNCIA >> Natália Bonavides disputará presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara

Resultado de imagem para Natália BonavidesA vereadora Natália Bonavides (PT) será candidata à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Natal. 
Em nota divulgada por meio das redes sociais nesta segunda-feira (16), a assessoria de comunicação da parlamentar confirmou a candidatura da petista.
As composições das comissões da Câmara Municipal serão debatidas ao longo desta semana. Ainda não há confirmação dos outros nomes que podem concorrer com Natália Bonavides pela cadeira.
Natália Bonavides está no seu primeiro mandato como vereadora de Natal. Advogada, ela tem atuação permanente em causas sociais e na defesa de interesses de grupos minoritários. 

Consumo de energia elétrica cresceu 1,28% no Rio Grande do Norte em 2016

Resultado de imagem para consumo de energia elétrica
O consumo de energia elétrica no Rio Grande do Norte cresceu 1,28% no ano passado, comparado com 2015. A informação foi divulgada pela Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) nesta segunda-feira, 16.
Segundo a Cosern, o percentual ficou abaixo do crescimento médio registrado na última década no Rio Grande do Norte, que foi de 4,64%. “O crescimento tímido no consumo registrado nos últimos 12 meses é um reflexo da situação econômica desfavorável pela qual passa o Brasil – o que provoca mudança no comportamento de consumo dos clientes seja por necessidade de equilíbrio de orçamento, redução dos processos de produção ou, em casos mais críticos, o fechamento de empresas”, informou a companhia em nota.
“Nesse cenário adverso, o consumo da classe industrial foi o mais prejudicado, registrando uma queda de 3,15% em relação a 2015. O consumo da classe comercial também foi afetado pela crise, permanecendo estagnado ao longo do ano, fechando dezembro com um crescimento de apenas 0,15%. De acordo com o IBGE, as vendas do comércio varejista do estado caíram 9,46% no acumulado até novembro de 2016”, diz outro trecho da nota.
O órgão ainda informa que registrou uma queda de 3,3% no consumo de energia da classe consumidora do serviço público (Caern). O fato é atribuído principalmente ao rodízio de abastecimento de água iniciado pela Companhia em diversas cidades do interior do estado, decorrente da diminuição/colapso do nível de água dos principais reservatórios, motivado pela estiagem.
A classe de consumo residencial, que representa 87,1% dos clientes da Cosern, teve a maior taxa de crescimento (4,38%) no comparativo 2016-2015. Ao longo do ano de 2016, foram feitas 44.367 mil novas ligações residenciais em todo estado.

SHOW DE PRÊMIOS >> “Nordestão” vai sortear 24 carros e 12 motos entre os 300 prêmios para este ano

Resultado de imagem para “Nordestão”O grupo Nordestão já definiu a premiação para 2017 para seus clientes que comprarem acima de  R$ 50,00, com direito a cupons.
Durante o ano, o Show de Prêmios Nordestão irá sortear 300 prêmios, que são 24 carros, 12 motos, 12 bolsas de estudo,24 TVS LED, 24 notebooks, 12 Iphones e 192 cartões de R$ 1 mil.
Os sorteios são realizados no início de cada mês. Quanto maior o valor da compra, mais cupons o cliente recebe. Consulte o regulamento no www.nordestao.com.br. A promoção do Nordestão virou tradição e é uma das maiores do varejo potiguar. No sábado passado foi realizada uma grande carreata pelas ruas da capital com a participação de clientes, fornecedores e colaboradores do supermercado.

OPÇÃO DE LAZER EM NATAL >> Parque da Cidade já recebeu 12 mil visitantes na primeira quinzena de janeiro

Resultado de imagem para parque da cidade  natal rnO Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte recebeu um público superior a 260 mil pessoas em 2016. Este ano a expectativa é superar, e muito, esse número uma vez que somente nos primeiros 15 dias de janeiro a Unidade de Conservação do município de Natal já recebeu mais de 12 mil visitantes. No último sábado (14), quando os músicos que participam do Glomus se apresentaram, o público registrado nas duas portarias foi de quase duas mil pessoas. 

As exposições de fotografia e de desenho sobre Natal que estão expostas no parque, também tem atraído visitantes. "Gosto de relembrar como era Natal antigamente e comparar como está agora. E também vim olhar essa exposição sobre as Copas do Mundo. Achei os desenhos bem interessantes", afirma Leonardo Tavares que foi ver a apresentação dos músicos e aproveitou para ver as exposições.

Durante os meses de janeiro e fevereiro, apesar do recesso das escolas, o Parque da Cidade tem recebido muitos natalenses em férias e turistas que visitam a cidade e a apresentação dos músicos africanos e nórdicos levou um público diferenciado, alguns ainda não tiveram oportunidade de conhecer o Parque da Cidade. Com isso, o local consolida-se ainda mais como espaço de lazer, de prática de exercícios e de cultura com os eventos que promove ou recebe dos parceiros. "Eu ainda não conhecia o parque e tinha muita vontade de vir, mas a correria do dia-a-dia faz com que a gente não enxergue esses lugares bacanas que tem em Natal. Virei outras vezes, com certeza. Adorei a apresentação dos africanos, que tem a ver com a nossa cultura", afirma Lorena Bezerra.

O Parque da Cidade funciona todos os dias das 5 horas da manhã, às 18 horas para a prática de exercícios nas trilhas pavimentadas. O Centro de Visitantes e biblioteca funcionam das 8 horas às 17:30 horas e a torre panorâmica funciona da quarta-feira ao domingo, das 14 horas às 17:30 horas. Aos sábados, o setor de Manejo Ambiental do parque da cidade promove visitação às trilhas naturais aos sábados e quem quiser participar deve fazer inscrição prévia pelo telefone 322-3207. Para o gestor do Parque, "Natal tem um lugar onde o turista pode conhecer a cidade por meio de painéis afixados no Centro de Visitantes, pode ver parte da cidade e a sua beleza pela vista panorâmica da torre, pode estudar na biblioteca ou apenas ficar contemplando a natureza pelas suas trilhas".

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

ESCLARECIMENTO >> Sobre o tipo de matérias que são postadas nesse blog

Com relação a comentários feitos por alguns leitores, pelo fato de eu não aproveitar o momento e postar fotos e matérias sobre determinados massacres, acidantes e tragédias ou mesmo cenas de violência, que com o surgimento das redes sociais tornaram-se ainda mais presentes em nossa sociedade, considero necessário esclarecer que: prefiro trabalhar uma linha de comunicação que nos leve a refletir sobre as causas e as consequências desse tipo de situação.

E mediante isso posso afirmar-lhes o seguinte:
  • Administro esse veículo de comunicação com o intuito de transmitir informações necessárias as quais considero relevantes para a construção de uma sociedade mais justa, fraterna;
  • Sobre o fato de dizer que “...por não postar matérias que chocam eu perco leitores...” afirmo também que, não tenho esse blog visando concorrer com outros, nem o tenho com fins comerciais, portanto, espero que aqueles(as) quem venha a ler nossas postagens possam reconhecer os objetivos sociais desse veículo de comunicação social.

Por Canindé Rocha - Professor da rede pública municipal de Lajes/RN e administrador do blog Lajes do Cabugi.

A reclamação era só contra Lula e Dilma?


MATRICULAS >> Escola Estadual Pedro II faz comunicado sobre a realização de matríclulas


A Escola Estadual Pedro II comunica a população lajense sobre a realização do período de matrículas para o ano letivo de 2017. As matrículas para os novatos começaram ontem, dia 16 no horário das 08:00 as 11:00 horas.

Para os novatos lembrem-se de levar os documentos necessários: histórico escolar, cópia do CPF, RG, comprovante de residência. e três (03) fotos 3x4.

Comunicamos também que a renovação das matrículas para os que já estudavam na referida escola continuam abertas.

Dica do dia...


OPORTUNIDADES >> Empresas de todo estado poderão contratar estudantes do IFRN pelo Programa Jovem Aprendiz

Exibindo DSC_9069.JPGPodem participar os alunos dos cursos técnicos integrados e subsequentes ao ensino médio

A Pró-reitoria de Extensão (Proex) do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), através da Assessoria de Relações com o Mundo do Trabalho, divulgou nesta semana mais uma parceria voltada ao mercado profissional. A partir do semestre letivo 2017.1, os alunos dos cursos técnicos de nível médio da Instituição poderão participar do Programa Jovem Aprendiz. Podem ser contratados pelo programa os estudantes que estão no 3º ou 4º ano do técnico integrado ao ensino médio ou no 1º, 2º ou 3º semestre dos cursos técnicos subsequentes, que são aqueles realizados por quem já concluiu o ensino médio.
Umas das vantagens do Programa para o estudante, comparando-se ao estágio, é o registro em carteira profissional de trabalho. Para os empresários, um dos pontos positivos é o cumprimento da exigência legal de ter no seu quadro de funcionários jovens aprendizes, além de profissionais que estão recebendo formação especializada para a função que vão desempenhar. “A lei da aprendizagem obriga as médias e grandes empresas (a partir de sete funcionários) a contratarem entre cinco e sete por cento de seu quadro funcional entre aprendizes​", explicou Thiago Loureiro, assessor de Relações com o Mundo do Trabalho do IFRN. As empresas já cadastradas no programa devem procurar um dos 21 campi do IFRN espalhados pelo estado, ou ligar para a Proex (84 4005-0891) para solicitar indicações de possíveis aprendizes. 
Para tornar isso possível, desde 2016, a Pró-Reitoria, em parceria com as coordenações e direção de extensão, coordenações de estágio e coordenações de cursos, vem cadastrando os cursos oferecidos pelo IFRN na plataforma Juventude Web, que é a plataforma que gerencia programas de aprendizagem no Brasil, mantida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MtE). Hoje, no Instituto, são 81 cursos cadastrados e validados, mais 12 sob análise da plataforma, além de outros 44 cursos em fase de cadastramento. Para a pró-reitora Régia Lopes, o Programa é uma ótima oportunidade de aprimorar a formação técnica de excelência ofertada pelo IFRN, que tem na mudança das desigualdades sociais a sua principal missão. "Ter profissionais cidadãos inseridos no mundo do trabalho desde o processo de formação educacional é uma forma de contribuir com o desenvolvimento do Rio Grande do Norte", comentou a pró-reitora.
Jovem aprendiz
Segundo a Lei da Aprendizagem, um jovem aprendiz é aquele que está estudando em uma instituição pública ou privada e trabalhando ao mesmo tempo. Neste meio tempo, o jovem irá receber uma formação única para a profissão em que está se profissionalizando. Dentro da estrutura organizacional do IFRN, as vagas para aprendiz são, exclusivamente, para alunos dos cursos técnicos, nas modalidades integrado ou subsequente. Outros pré-requisitos são: ter entre 16 e 24 anos (incompletos) e ter a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). 
Contrato de aprendizagem
Ajustado por escrito e por prazo determinado não superior a dois anos, é um contrato de trabalho especial, em que o empregador e o aprendiz comprometem-se em um programa de formação técnico-profissional. Para o estudante, o desenvolvimento prático na área em que busca qualificação, para o empregador, a oportunidade de mão-de-obra especializada. A lei em questão, a 10.097, de dezembro de 2000, também estabelece que o jovem aprendiz terá direito a CTPS (Carteira de Trabalho e Previdência Social), assim como salário mínimo baseado em suas horas de trabalho e demais direitos trabalhistas como qualquer funcionário de uma empresa, como 13º salário e férias.
Por Assessoria de Comunicação Social e Eventos
Reitoria | IFRN

domingo, 15 de janeiro de 2017

Reflexão...


BELEZA POTIGUAR >> Porto do Mangue: As Dunas do Rosado ão entre os dez lugares mais bonito no Nordeste


As Dunas do Rosado se estendem por cerca de 20 km, sendo o segundo maior conjunto de dunas móveis do Brasil, perdendo apenas para os Lençóis Maranhenses.

O efeito do sol na areia é tão bonito que o local foi usado como cenário para filmes e novelas nacionais. 

Por lá, além de relaxar e mergulhar, o passeio de carro 4x4 pelas dunas é imperdível.

Como chegar: a partir de Natal, pegue a BR 406 sentido norte.

Depois de passar pela cidade de João Câmara, siga para a RN 118.

Após atravessar a cidade de Pendências, entre na RN 404 e continue até Carnaubais. De lá, vá pela RN 221 que leva até Porto do Mangue.

RESULTADOS DO GOLPE >> Falências crescem e golpista pede penico!



A elite empresarial, que orquestrou e financiou o “golpe dos corruptos”, garantiu aos patos que bastaria depor a presidenta Dilma para que a economia voltasse a crescer. Um famoso escravocrata, dono das Lojas Riachuelo, chegou a afirmar que a recuperação seria “instantânea” – poucos meses depois, a sua empresa reconheceu um prejuízo recorde nos negócios. A mídia amplificou a falácia e os “midiotas” acreditaram piamente. Agora, porém, até os mais tapados já fofocam envergonhados que foram usados como massa de manobra. Nesta semana, mais um indicador econômico confirmou a mentira da cloaca burguesa. O número de empresas que pediram falência em 2016 cresceu 12,2%.

A maior quebradeira ocorreu no setor de serviços: 39%. Mas o crescimento mais significativo se deu na indústria, responsável por 37% dos pedidos de falência – alta de 14,2% na comparação com 2015. Apesar da desgraceira, o Judas Michel Temer garante que tudo vai melhorar neste ano. Para difundir esta bravata, ele derrama milhões em publicidade e a mídia mercenária cumpre seu papel venal. A Folha golpista, por exemplo, jurou nesta terça-feira (10) que “o quadro atual é grave, mas os primeiros sinais positivos começaram a surgir no fim de 2016... A estimativa é que o número de pedidos pare de crescer em 2017, fato que já seria considerado positivo”. Você acredita nesta bravata?

Outro dado assustador foi divulgado pela consultoria Serasa Experian, que apontou que o movimento dos consumidores nas lojas de todo o país caiu 6,6% em 2016 em relação a 2015. Foi oPIOR RESULTADO DO varejo desde o início do levantamento, realizado há 16 anos. Com esta façanha, o Judas Michel Temer superou até o detestado FHC. Em 2002, último ano do trágico reinado tucano, a queda no comércio foi de 4,9%. Ainda segundo a Serasa, a maior retração no ano passado se deu no segmento de veículos, motos e peças, com queda de 13% nas vendas. Já o setor do escravocrata da Riachuelo, do comércio de vestuários, tecidos e calçados, teve queda de 12,6% no ano passado.

A lamúria do “barão do aço”

Diante deste cenário, até alguns entusiastas do golpe dosCORRUPTOS JÁ PEDEM penico. Nesta semana, o “barão do aço” Benjamin Steinbruch, vice-presidente da Federação das Indústrias de São Paulo – a asquerosa Fiesp, que distribuiu patinhos amarelos para os midiotas que foram às ruas esbravejar pelo “Fora Dilma” – publicou um artigo choroso clamando por socorro às empresas. De forma indireta, ele até alfinetou o Judas Michel Temer. “A crise econômica atual não deixa espaço para amadorismo”. Para ele, o Brasil já está em recessão e vive um “processo acelerado de industrialização, com o fechamento de empresas e a redução de produção”. E o golpista apresenta a fatura para o usurpador:

“Infelizmente, a indústria terminou 2016 MUITO MAL. Houve um crescimento discreto de 0,2% em novembro sobre outubro, mas a queda de produção no ano atingiu 7,1%. Esse número, somado à queda de 8,3% de 2015, indica uma retração da ordem de 15% em dois anos. A indústria brasileira precisa de socorro, sem preconceitos: apoio à acumulação de capital, acesso a crédito com juros civilizados, programas de compras governamentais, políticas macroeconômicas e fiscais estimuladoras de crescimento, taxas de câmbio que deem competitividade à produção e escolha de setores com prioridades e sob controle de desempenho”. Mas a Fiesp não prometeu que o país iria virar um paraíso?

sábado, 14 de janeiro de 2017

CAMAPANHA DE PREVENÇÃO >> Um alerta importante a população!

SAUDE DE LAJES
A Secretaria Municipal de Saúde de Lajes, alerta a população sobre os cuidados que devemos ter para que não venhamos a ter um outro surto de dengue...

Ouça aqui o áudio da campanha:
https://soundcloud.com/secretaria-saude-186669109

ESCLARECENDO >> Esses que vivem a criticar as ideias socialistas deveriam também rejeitar seus resultados...

Nenhum texto alternativo automático disponível.

CEPAL >> autonomia das mulheres é imprescindível para a igualdade de gênero

CEPAL: autonomia das mulheres é imprescindível para a igualdade de gênero
Foto: EBC
A autonomia das mulheres é um requisito necessário e imprescindível para alcançar uma verdadeira igualdade de gênero na região latino-americana e caribenha, afirmou nesta terça-feira (10) a diretora da divisão de assuntos de gênero da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL), María Nieves Rico, no quarto capítulo de “Horizontes CEPAL”, novo programa multimídia desse organismo das Nações Unidas.
Em entrevista, a oficial da ONU abordou o processo de construção da agenda regional de gênero durante as últimas quatro décadas sob o enfoque de direitos humanos, e identificou os principais objetivos relacionados à autonomia das mulheres em três dimensões-chave: física, econômica e na tomada de decisões.
Dados oficiais dos países indicaram que ao menos 12 mulheres são assassinadas em média a cada dia na região só pelo fato de serem mulheres, alertou Rico no programa.
“A América Latina e o Caribe é a região do mundo com maiores avanços em legislação sobre violência contra as mulheres”, mas a vontade política expressada nessas leis não é suficiente para erradicar esse flagelo que se sustenta em padrões culturais patriarcais entranhados nas sociedades latino-americanas e caribenhas, explicou.
A Estratégia de Montevidéu, aprovada durante a XIII Conferência Regional sobre a Mulher de América Latina e Caribe realizada no fim de outubro no Uruguai, identificou essas práticas como um dos nós estruturais da desigualdade de gênero na região, disse a oficial da ONU.
A Estratégia de Montevidéu foi adotada para a implementação da agenda regional de gênero nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e na Agenda 2030.
Durante a entrevista, María Nieves Rico compartilhou alguns dos principais indicadores incluídos no documento “Autonomia das Mulheres e Igualdade na Agenda do Desenvolvimento Sustentável”, apresentado na reunião no Uruguai.

Ela lembrou, por exemplo, que uma em cada três mulheres na região não tem renda própria e que mais da metade (55%) não tem renda própria ou recebe menos que o salário-mínimo mensal de seu país. Entre as que têm renda, 23,6% têm renda pessoal abaixo da linha da pobreza.
A especialista afirmou também que a América Latina e o Caribe foi a primeira região do mundo a ter leis de cotas para aumentar a participação das mulheres nos cargos de representação popular. No entanto, em nenhum nível da tomada de decisões nos poderes do Estado as mulheres superam atualmente 25% (prefeituras e ministérios) ou 30% (parlamentos e tribunais de Justiça) do total, disse.
“A igualdade de gênero não é apenas igualdade de oportunidades, mas também de resultados”, concluiu Rico.

O PÉSSIMO JORNALISMO FEITO PELA MÍDIA BRASILEIRA >> Nota de repúdio à cobertura da imprensa sobre a abertura do 33º Congresso Nacional da CNTE

banner nota de repudio

Na oportunidade da abertura do 33º Congresso Nacional da CNTE, realizado no dia 12 de janeiro de 2017, quando os educadores e educadoras brasileiros/as ouviram as palavras do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva em palestra magna proferida na abertura de seu encontro nacional, a grande imprensa brasileira decidiu repercutir ação feita por um grupo de, no máximo, 20 pessoas em um auditório lotado com quase 3 mil pessoas.
A manchete da matéria jornalística produzida pelo jornal da família Marinho (organizações Globo) e repercutida, em grande medida, por outros órgãos da imprensa familiar brasileira, evidencia o péssimo jornalismo feito por nossa grande imprensa. Aquela manchete, ao repercutir um fato absolutamente pequeno e irrelevante diante da magnitude das palavras do ex-presidente Lula, entrará para a história e fará parte dos manuais de jornalismo do que se deve evitar fazer. Uma manchete que não reproduz o que, sequer, o conteúdo da própria matéria enuncia. Uma manchete que só explicita a caçada judicial e midiática a que está sendo submetido o presidente Lula nos últimos tempos.
O auditório onde foi proferida a palestra de nosso ex-presidente simplesmente o ovacionou. Como poucos, Lula tem uma leitura de realidade rara nesses tempos em que a mentira interessa mais do que a verdade.
Já quanto à grande imprensa brasileira, fica o mais veemente repúdio dos educadores/as brasileiros/as. Não à toa, essa grande mídia familiar perde, cada dia mais, leitores e consumidores de suas informações. Isso porque está cada vez mais evidente que o que eles fazem não é o bom jornalismo: trata-se de um jornalismo parcial que persegue um projeto político e todos que a ele estiverem vinculados.
Os/as educadores/as brasileiros/as já estão cansados/as de tanta mentira que, diuturnamente, é reproduzida por esses grandes meios de comunicação, estes sim que morrerão por conta de seu próprio veneno. Chegará o dia em que não bastarão mais os vultosos recursos do Governo se não tiverem mais leitores, fartos de suas mentiras!
DIRETORIA DA CNTE

GESTÃO AMBIENTAL >> Fernando de Noronha vai virar laboratório de gestão sustentável

O objetivo é que a ilha se torne cidade modelo para o desenvolvimento de novos projetos e negócios colaborativos com baixa emissão de gases poluentes





O Governo de Pernambuco e da Califórnia estão se juntando através do Global Leadership Memorandum of Understanting (memorando assinado em 2015), para transformar a Ilha de Fernando de Noronha em um laboratório de gestão ambiental, para desenvolver pesquisas, novos projetos e tecnologias com baixa emissão de carbono.
OEXPERIMENTO VAI SE chamar “Noronha Future City” e vai começar o seu projeto com a mobilidade da região. Em dezembro, os dois governos se reuniram com empresas nacionais e internacionais de carros elétricos, energia solar e de aplicativos e, claro, um banco para ajudar no financiamento dessa proposta.
O objetivo inicial é oferecer à ilha veículos elétricos carregados através de energia solar que poderão ser acessados por aplicativos, para, assim, estimular o compartilhamento dos carros. Sérgio Xavier, Secretário do Meio Ambiente de Pernambuco, explicou que eles estarão diretamente ligados a uma rede de serviços e o app vai auxiliar mostrando onde há vagas de estacionamento, postos de combustíveis e carros disponíveis.

Primeiros passos

Para que issoSE TORNE REALIDADE, nos próximos três meses a internet da região, que hoje é bem instável, será melhorada segundo o secretário. O intuito é que a mobilidade seja implantada no primeiro semestre de 2017, com testes previstos para março.
Xavier acrescentou ao jornal Folha de S. Paulo: “Avançamos no sentido de criar em Noronha um laboratório não só para pesquisa, mas da vida real. A ideia é imediatamente formular Noronha, ampliar para Recife e levar para outros locais”. Ele ainda informou que a Unesco possui muito interesse nesse novo projeto e pretende reproduzir em outros países as experiências que derem certo.
Os recursos utilizados virão da prospecção de empresas especializadas no desenvolvimento dos produtos e serviços alinhados à economia de baixo carbono. Algumas das possibilidades de implementação dos novos projetos são: água, reciclagem, arquitetura verde, energia renovável e novas ferramentas de gestão pública.
O “Noronha Future City” foi apresentado na Conferência Do Clima da ONU, a COP22, em Marrakech, Marrocos, e visa definir o quadro de implementações do Acordo de Paris selado pelos países com o objetivo de salvar o planeta do efeito estufa.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

À PROCURA DO EQUILÍBRIO >> Uma necessidade urgente nos dias de hoje

Resultado de imagem para a procura do equilíbrio e do amor solidário
Agora, mais do que nunca, torna-se imprescindível a vivência do Amor Solidário Divino, porque ele é o único capaz de afastar da Terra as trevas do crime, da miséria e da dor quando compreendido e desempenhado - em todo o seu poder compassivo, justo e, portanto, eficaz -, não somente pela Religião, mas também pela Política, pela Ciência, pela Economia, pela Arte, pelo Esporte, pelos relacionamentos internacionais, pelo trabalhador mais simples e pelo mais projetado homem público.

Na verdade, o ser humano, sabendo ou não, procura instintivamente o equilíbrio, que só pode advir do exercício da Fraternidade, a grande esquecida - como lamentava Dom João Bosco (1815-1888) - da trilogia da Revolução Francesa (Liberté, Égalité, Fraternité), tanto que sua posição é a final do lema reformista, quando deveria ocupar a vanguarda deste. Por isso deu no que deu, com tanta gente guilhotinada. (...)

Não foi sem motivo que o notável escritor Victor Hugo (1802-1885) declarou:Sem Fraternidade não pode haver Paz”.


Só se constrói a Paz com tolerância

O inspirado vate francês está corretíssimo. Portanto, não abdiquemos
das medidas práticas para a edificação dessa nova e fraterna sociedade, pois, como revela o Espírito dr. Bezerra de Menezes (1831-1900), pela psicografia de Chico Periotto: “A Paz, a tão desejada Paz, é o sonho de todos, do Mundo Espiritual e da Terra. Apenas se constrói a Paz com tolerância. É impossível acreditarmos que o caminho da guerra, do ódio e da violência possa gerar Paz verdadeira. Mas o mundo trilha caminhos inesperados. Logo, é realmente importante exercitarmos o caminho do Ecumenismo e da confraternização entre os países”.

José de Paiva Netto - Jornalista, radialista e escritor.

O QUE ESTÁ RUIM AINDA VAI PIORAR >> Governo estuda cortar gastos em programas que estimulam os professores em início de carreira.

Exibindo
Matéria de Natuza Nery, no Painel da Folha dá conta de que o MEC contratará auditoria para avaliara a eficiência e os gastos de alguns programas. Entre eles está o Programa de Bolsas de Iniciação à Docência. Ou seja, o governo pretende acabar com um dos programas que incentiva a iniciação à docência, fundamental para a evolução de professores em início de carreira.
O Ministério da Educação vai contratar uma auditoria externa para avaliar a eficiência e os gastos de programas da pasta. Estão na mira a Universidade Aberta do Brasil, o Programa de Bolsas de Iniciação à Docência e o Projovem, que dá auxílio financeiro para que pessoas de 18 a 29 anos concluam o ensino fundamental.
O ministério estima que as ações que passarão pela reavaliação consumam cerca de R$ 1 bilhão por ano. A ideia é ver se o custo delas compensa o retorno obtido.
Este governo entende Saúde e Educação como gastos e não como investimentos. A partir de 2018 a PEC 55 entra em vigor e o que parece ruim pode piorar.