quinta-feira, 24 de abril de 2014

Avanço Positivo >> Aprovação do Marco Civil da Internet é vitória dos movimentos sociais

Presidenta Dilma sancionou texto da nova lei nesta quarta-feira (23), durante abertura do evento NetMundial

Escrito por: CUT Nacional


Nesta quarta-feira (23), durante abertura da Conferência Multissetorial Global sobre o Futuro da Governança na Internet, a NetMundial, que acontece em São Paulo e reúne representantes de mais de 90 países, a  presidenta Dilma Rousseff sancionou, simbolicamente, o Projeto de Lei 21/2014, conhecido como Marco Civil da Internet, aprovado na noite de ontem (22) pelo Senado Federal.
 
Durante a cerimônia, a presidenta disse que a internet que queremos só é possível em um cenário de respeito aos direitos humanos, em particular a privacidade e a liberdade de expressão. Disse também que os direitos que as pessoas têm offline também devem ser protegidos online.
 
A sanção do Marco Civil da Internet significa uma vitória dos movimentos sociais, que participaram ativamente da elaboração do texto e se mobilizaram para garantir que o Projeto fosse aprovado pelo Congresso sem alterações no conteúdo.
 
Apesar da tentativa da oposição de adiar a votação do Marco e da tensão durante a sessão no Plenário na terça-feira, o texto foi aprovado pelo Senado por unanimidade. A nova lei pode ser considerada uma espécie de Constituição para uso da rede no País e sua aprovação eleva o Brasil à referência mundial em democratização da rede.
 
“O Marco Civil é um forte instrumento de garantia da liberdade na rede, pois garante que todos os que queiram disseminar conteúdo pela internet, consigam", afirma Rosane Bertotti, secretária nacional de Comunicação da CUT e coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC). "A mobilização dos movimentos sociais foi fundamental para aprovação; uma luta conjunta e articulada que garantiu esta vitória", ressalta.

* com informações agências de notícias

Desvendando o semiárido >> UFRN participa de programa de pesquisa em biodiversidade no Semiárido, que trabalha para "dissecar" todas as características deste clima


Uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, em parceria com universidades federais de cinco estados nordestinos, está tentando aproximar das pessoas comuns o misterioso e ainda desconhecido mundo dos fungos. O Programa de Pesquisa em Biodiversidade do Semiárido (PPBio Semiárido), criado em 2004, tem como objetivo “dissecar” todas as características deste clima no país, e depois transmitir as novas descobertas e conhecimentos à sociedade brasileira. Inclusive as que dizem respeito aos bolores, cogumelos e afins.

Como o Brasil é o país de maior biodiversidade do planeta, era de se esperar que tivéssemos grandes coleções botânicas e zoológicas. Por motivos diversos, no entanto, essa correlação não existe. Mas a manutenção, ampliação e informatização dos acervos biológicos são indispensáveis para a disponibilização on-line dos dados sobre a biodiversidade, e é justamente isso que faz o PPBio. Agora não é mais preciso recorrer a sites de busca ou livros de Ciências e Biologia para conhecer e estudar os fungos, por exemplo: 1.461 espécies já foram cadastradas no banco de dados do programa. E os resultados de todas as expedições podem ser vistos no endereço www.uefs.br/ppbio.

Um dos coordenadores do projeto é o paulista Iuri Goulart Baseia, 45 anos, professor do Centro de Biociências da UFRN. Mestre em Biologia dos Fungos e doutor em Botânica, é ele o responsável por comandar pesquisadores de sete campus do Nordeste nas expedições em busca de fungos das mais variadas espécies pela Caatinga da região. “As pessoas costumam pensar que o Semiárido é pobre e não possui variedade de espécies animais, vegetais e de fungos. Mas elas estão enganadas, e o PPBio prova justamente isso”, afirmou.

Estudos do programa estimam que só nesse bioma brasileiro existam mais de 20 mil espécies diferentes. Além da equipe de Fungos, capitaneada por Baseia, ainda fazem parte do projeto as de Vertebrados, Invertebrados e Plantas. O processo de pesquisa é realizado por meio de viagens em seis áreas definidas como de “extrema importância biológica”, e espalhadas pelos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba, Piauí e Bahia, além do Rio Grande do Norte, é claro. “Fazemos cerca de seis expedições por ano, com uma média de sete dias em cada uma delas. Coletamos amostras e depois as trazemos para analisar aqui na universidade”, explica o professor.

Mas tudo isso tem um custo: cerca de R$ 10 mil por expedição. “É um pouco caro realizar essas pesquisas, porque elas envolvem bastante gente. E como somos financiados pelo poder público, é preciso empregar bem essa verba e fazer com que ela renda. Mas as descobertas são muito satisfatórias, e compensam o que foi investido”, diz Baseia.

Tomando por base os resultados da participação da UFRN no PPBio, percebe-se que cada real empregado no projeto é mesmo muito bem utilizado. Um dos “frutos” foi a colaboração no livro Guia dos Fungos Comuns do Semiárido Brasileiro. Com linguagem técnica e edição bilíngue, a publicação é destinada a estudantes e biólogos. Mas também são produzidas cartilhas explicativas, com linguajar mais acessível, para a distribuição em escolas públicas das cidades onde o programa realiza suas pesquisas e coletas.

Segundo Iuri, outro livro está sendo produzido por sua equipe, e deve ser lançado até o próximo mês de julho. “Estamos trabalhando nisso e temos o material praticamente pronto. Essas publicações são uma forma que temos de devolver à população o que foi investido no financiamento das nossas pesquisas, através do pagamento de impostos”, comentou.

Outra área muito importante no estudo dos fungos é a indústria farmacêutica. Quando os pesquisadores percebem que uma espécie tem potencial e ocorre em capacidade satisfatória para ser explorada, coletam uma amostra e a levam até o Departamento de Bioquímica da UFRN. As experiências feitas lá revelam se as substâncias presentes em determinado fungo têm ou não potencial farmacológico. Iuri Baseia, porém, lembra que esse não é o foco das pesquisas do PPBio Semiárido. “É claro que um remédio pode ser desenvolvido a partir de um dos nossos fungos. E seria ótimo se isso acontecesse. Mas é sempre bom ressaltar que o nosso objetivo é outro. Queremos, antes de qualquer outra coisa, conhecer cada vez mais o Semiárido”, destacou.

Programa tem abrangência nacional 

O Programa de Pesquisa em Biodiversidade (PPBio) foi criado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação em 2004, como parte do Plano Plurianual do Governo Federal. De abrangência nacional, o projeto tem como objetivo central articular as competências regionais e nacional para que o conhecimento da biodiversidade brasileira seja ampliado e disseminado de forma planejada e coordenada. O programa está estruturado em três componentes principais: inventários, coleções e temáticos, e possui diversos núcleos regionais e projetos parceiros pelo país.

O PPBio iniciou suas atividades na região amazônica. Posteriormente, foi expandido para o Semiárido, com a colaboração da Universidade Estadual de Feira de Santana, na Bahia. Em 2010, a Mata Atlântica também foi abrangida pelo PPBio, através de um projeto piloto coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente, em parceria com o Jardim Botânico e a Universidade Federal do Rio de Janeiro. Por meio de ações da rede ComCerrado, o programa também passou a englobar, recentemente, o bioma Cerrado.

Perfil  

Iuri Goulart Baseia
Nascido em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, Iuri Goulart Baseia veio para o Nordeste ainda criança, aos 10 anos. O pai, físico, havia passado em um concurso para professor da Universidade Federal da Paraíba, e mudou-se com toda a família para João Pessoa. “Meu coração está aqui. Me considero muito mais nordestino”, garante.

Ele viveu na capital paraibana até se formar em Ciências Biológicas pela UFPB. Depois foi para o Recife, onde se tornou mestre em Biologia de Fungos na federal de Pernambuco. O doutorado, em Botânica, foi feito na USP, em São Paulo.

Iuri ainda voltou ao Recife e passou lá mais dois anos, até ser aprovado no concurso da UFRN, onde começou a lecionar em 2004. “Este mês eu completo 10 anos aqui na universidade. Já fui chefe do Departamento de Botânica, Ecologia e Zoologia, entre outros cargos. Mas acredito que minha maior alegria na instituição foi o Programa de Pós-Graduação em Sistemática e Evolução, que hoje já forma mestres e doutores. Antes isso era impossível em Natal”, falou.

Baseia também atua como coordenador do Programa de Pós-Graduação em Sistemática e Evolução e curador da Coleção de Fungos do Herbário UFRN. Ele ainda é bolsista de produtividade CNPq desde 2006 e possui experiência em botânica criptogâmica, com ênfase em biologia de fungos.

Números

2004 foi o ano da criação do Programa de Pesquisa em Biodiversidade pelo governo Federal.

5 são os estados do Nordeste envolvidos no PPBio Semiárido: Rio Grande do Norte, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e Bahia.

6 é o número de expedições realizadas anualmente pelos pesquisadores do programa.

1.461 é o número de espécies de fungos já cadastradas no banco de dados do PPBio.

20.000 é o número estimado de espécies animais, vegetais e de fungos existentes no Semiárido brasileiro.

10.000 reais é o custo médio de cada expedição realizada pelo PPBio no sertão nordestino. 

Fonte: NOVO JORNAL

Diálogos com Paulo Freire >> Abertura do II Seminário Internacional Diálogos com Paulo Freire será nesta quarta-feira (23)

O II Seminário Internacional Diálogos com Paulo Freire, promovido pelo SINTE/RN, em parceria com a UFRN e o IFRN, será aberto oficialmente na tarde desta quarta-feira (23). A solenidade de abertura está prevista para começar às 17 horas no auditório do campus Natal Central do IFRN, localizado na Avenida Salgado Filho.

Em seguida, às 18 horas, será promovida a primeira Mesa de Diálogos “Cotidianidade educativa: o que ousamos ensinaraprender hoje?” da qual participarão a professora Elza Maria Fonseca Falkembach (Representante do Consejo de Educación Popular de America Latina y El Caribe (CEAAL), o professor Alexandre Botelho Merrem (Educador Popular de Recife/PE), o professor Cícero Gomes Correia (MEB/UFRN) e a professora Cláudia Cristina dos Santos Andrade (CAp UERJ e UESA).

O credenciamento dos participantes começará a ser feito às 14 horas no local do evento. Participarão do Seminário, educadores brasileiros e de outros países que apresentarão em mesas de diálogos temas pertinentes à discussão de pontos candentes da educação.

O evento terá como tema “Ensinar, aprender: leitura do mundo e leitura da palavra” e acontecerá até sexta-feira (25) no IFRN Natal Central.
 
Confira o folder do evento AQUI.

Resultados positivos >> Ocupação hoteleira em Natal para a Copa do Mundo está em 70% e só perde para o Rio de Janeiro


 

Segundo o Fórum de Operadores Hoteleiros no Brasil (FOHB), que responde por 18% do total de leitos para ocupação durante a Copa do Mundo, outros 45% dos quartos já estavam vendidos, e 19% estão reservados para a Match, agência oficial da FIFA, que vende pacotes completos para turistas, Natal tem 70% vendidas; 24% disponíveis, e o restante da Match. Natal só perde para o Rio de Janeiro com 83% já vendidos.  Faltando menos de dois meses para a Copa, 200 mil diárias de hotéis já foram vendidas nas 12 cidades sedes que acolherão os jogos do Mundial a partir de 12 de junho. No final de janeiro, o porcentual disponível era de 40%, e outras 20% das ocupações retidas pela Match
  
Segundo o secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril essa ocupação é uma estimativa animadora, e continua com a convicção que a ocupação da hotelaria natalense será muito boa para a Copa do Mundo. 

“Uma boa ocupação beneficiará toda a cadeia de serviços ligados diretamente ao turismo como locadoras, restaurantes, passeios, receptivos, bares, gerando renda e empregos nesse período na cidade”, salienta.
    
Somente a partir de 15 de maio a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio Grande do Norte começa a fazer uma pesquisa na rede hoteleira natalense para saber qual o número real dessa ocupação é quando se terá um número realista.

VEJA A OFERTA E DEMANDA NAS REDES HOTELEIRAS
  • Cuiabá: 54% das vagas reservadas; 17% disponíveis, 29% bloqueadas pela Match.
  • Curitiba: 44% das vagas reservadas; 32%, e 24% retidas pela Match.
  • Fortaleza: 62% das vagas reservadas; 21% disponíveis, e 17% da Match.
  • Manaus: 56% reservadas; 27% disponíveis, e 17% da Match.
  • Natal: 70% vendidas; 24% disponíveis, e o restante da Match.
  • Porto Alegre: 50% dos quartos vendidos; 22% disponíveis e 28% da Match.
  • Recife: 56% dos quartos vendidos; 37% em aberto, e 7% com a Match.
  • Salvador: 53% dos quartos vendidos; 32% disponíveis, e 16% com a Match.
  • Belo Horizonte: 63% dos quartos vendidos; 23% disponíveis, e 14% da Match.
  • Brasília: 66% reservados; 26% disponíveis e 9% com a Match.
  • Rio de Janeiro: 83% dos quartos vendidos; 10% disponíveis e 7% com a Match.
  • São Paulo: 22% reservados; 54% disponíveis e 24% com a Match.
 Fonte: site Nominuto.com

Mais uma vez >> Marcco pedirá impeachment de Rosalba Ciarlini

Pela segunda vez, a Assembleia Legislativa do RN receberá o pedido de impeachment da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Desta vez, a iniciativa é do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO/RN), que agendou a apresentação formal do pedido para esta quinta-feira (24), às 10h.

Em nota enviada à imprensa, o movimento explica que irá pedir também o afastamento imediato da chefe do Executivo estadual. A justificativa citou exemplos dos problemas que foram considerados para o pedido.

“São problemas recorrentes noticiados diariamente na imprensa local: falta de atendimento médico aos pacientes SUS; péssima qualidade da água servida às populações do interior do Estado; falta de vagas e interdição da quase totalidade dos estabelecimentos socioeducativos; e incremento significativo da criminalidade urbana e da taxa de homicídios no Estado”, diz a nota.

Por fim, há a explicação de que o pedido tem como base a prática de crimes de responsabilidade previstos na Lei nº 1.079/50, que seriam, segundo o Marcco, motivos suficientes para que fosse determinado o impeachment de Rosalba.

Em novembro de 2013, a ALRN recebeu outro pedido de impeachment contra a governadora, feito pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sindsaúde) e assinado também pelos vereadores de Natal Amanda Gurgel (PSTU) e Sandro Pimentel (PSOL).

Na oportunidade, o documento não seguiu o trâmite, uma vez que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa votou pelo não recebimento por considerá-lo inconstitucional.

Revista Bzzz e Marcco

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Hoje é o Dia Mundial do Escoteiro >> Nossos parabéns a esses defensores da natureza!!!


O Dia Mundial do Escoteiro é comemorando em todo o mundo no dia 23 de abril. O movimento foi fundado pelo britânico Robert Stephenson Smyth Baden-Powell, em 1907, com o objetivo de tornar meninos cidadãos exemplares. O escoteiros tem diversos lemas, como "estar sempre alerta para ajudar o próximo e praticar diariamente uma boa ação".


Os escoteiros prezam a natureza e as atividades ao ar livre como exercícios, excursões e acampamentos, e têm como finalidade serem sadios para desenvolver noções de dever com a Pátria e para com o próximo.

Origem do Dia Mundial do Escoteiro

O Dia Mundial do Escoteiro é celebrado no dia 23 de abril em homenagem ao padroeiro dos escoteiros, São Jorge. São Jorge é conhecido como um santo guerreiro, uma vez que ele foi soldado de cavalaria, e logo cedo ficou conhecido por sua bravura. Robert Stephenson Smyth Baden-Powell que escolheu São Jorge para ser o padroeiro dos escoteiros, por o considerar um modelo a ser seguido, pois São Jorge "fez o melhor que pode e, conseguiu superar uma dificuldade que ninguém ousara enfrentar".

Divulgação >> Trabalhos artesanais da Francinete Torres

 Queridas amigas tenho muitos trabalhos na pagina do google, bordados, pinturas, bejoterias, tiaras, rosas de tecido e muitos trabalhos em fuxicos e em vidros decorados com fuxico e pintados,tenho também velas e garrafas decorada,caixinhas e sacolas, etc, muitos trabalhos mesmo, arranjos com vegetação natural. Além de mesas decoradas para eventos.
 
Foto de Francinetetorres Torres.
Foto de Francinetetorres Torres.

Fonte: Face book de Francinete Torres

Projeto que discute 10% do PIB para a Educação é aprovado em Comissão


 Deputada Fátima Bezerra orientou bancada do PT na Comissão Especial que aprovou relatório do Plano Nacional da Educação (PNE). Matéria segue agora para análise em plenário

Os deputados federais aprovaram nesta terça-feira (22), o relatório do deputado Ângelo Vanhoni ao Projeto de Lei 80/35/10, que cria o Plano Nacional da Educação (PNE). Com a aprovação do texto na Comissão Especial, o PNE seguirá para análise no Plenário da Câmara.
 
“Por um PNE inclusivo e generoso para educação brasileira, o PT votou sim ao texto do deputado Ângelo Vanhoni. Temos clareza que o relatório do deputado dialoga mais com as deliberações da Conferência Nacional de Educação e, portanto, está sintonizado com as aspirações dos movimentos sociais, dos professores, dos estudantes e dos gestores de todo país”, disse Fátima Bezerra, ao orientar a bancada do PT.
 
Fátima considera esta a agenda legislativa mais importante do país. “O que está em disputa é o presente e o futuro do Brasil. É nosso dever enquanto representantes do povo aprovar um PNE a altura dos desafios que a realidade brasileira nos aponta, seja na universalização e ampliação da creche à pós-graduação, passando pela educação em tempo integral, como na valorização do magistério brasileiro e do financiamento de 10 % do PIB para educação pública”, completou.
 
Fique por dentro
Em dois dias de debates (2 e 8 de abril), mais de 30 parlamentares discutiram o texto. O foco das discussões girou em torno da complementação da União - a estados e municípios que não conseguirem atingir o mínimo necessário para oferecer uma educação de qualidade; do Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQi) e Custo Aluno Qualidade (CAQ); do investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação pública; além da questão de gênero.

Fonte: Portal da Deputada Fátima Bezerra - PT

CUT e centrais sindicais realizam 1º de Maio Unificado em 2014

 Tema deste ano é a comunicação; evento terá diversas atividades no Vale do Anhangabaú, região central da capital paulista

Escrito por: CUT-SP

O Dia Internacional do Trabalhador (a) 2014 será comemorado no Vale do Anhangabaú com um grande evento preparado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e pela Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB).

Com o tema “Comunicação: o desafio do século”, as atividades terão início às 10h e se estenderão até por volta das 20h, no Vale do Anhangabaú, centro da capital, com atos político e inter-religioso, apresentação teatral e shows com artistas como Belo, Paula Fernandes, Leci Brandão, Pixote, Michel Teló e Péricles, entre outros.

“O dia 1º de Maio é a data mais importante da classe trabalhadora. Mais do que comemorar as conquistas, é um momento para refletirmos sobre os próximos desafios e a união das centrais significa força e disposição para enfrentarmos esses desafios”, afirmou o presidente da CUT São Paulo (CUT-SP), Adi dos Santos Lima.

Para o dirigente, a escolha do tema comunicação veio da necessidade de se aprofundar o debate sobre o assunto. “Precisamos intensificar a luta pela comunicação como um direito humano, como está na nossa Constituição Federal, e pela necessidade urgente da democratização da mídia para garantir a pluralidade de ideias e a consolidação da democracia no Brasil”.

Como acontece há cinco anos consecutivos, as comemorações do Dia do Trabalhador (a) organizadas pela CUT vão além do evento do dia 1º de Maio. Iniciadas em março, as atividades, todas ligadas ao tema central, envolvem a realização de oficinas, seminário internacional, concurso de fotografia, torneio de futsal e, este ano, a comemoração dos 30 anos de fundação da CUT São Paulo, a serem completados em 29 de abril.
Oficinas regionais – Foram realizados debates em todas as 19 Subsedes da CUT-SP espalhadas pelo estado, incluindo a capital, no período de 13 de março a 17 de abril. As discussões destacaram O Novo Marco Regulatório para a Democratização dos Meios de Comunicação no Brasil; Internet: Marco Civil e as Redes Sociais; e Estratégias de Comunicação e Experiências do Movimento Sindical.

Farmácias devem priorizar atendimento a idoso e pessoa com deficiência

por Diretoria de Comunicação do MP/RN

A 42ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com mais de 20 drogarias com o objetivo de que os estabelecimentos cumpram o Estatuto do Idoso e assegurem atendimento prioritário para idosos e pessoas com deficiência.

Em linhas gerais, a principal cláusula dos TACs celebrados com representantes de cada estabelecimento, assegura que a farmácia deverá prestar atendimento preferencial às pessoas idosas e com deficiência no balcão de atendimento e no caixa para pagamento. Deverá ser afixada uma placa informativa acerca deste atendimento preferencial e ficou acordado também que funcionários das farmácias serão capacitados sobre os direitos deste público específico.

O Ministério Público Estadual, através da 42ª Promotoria de Justiça, estabeleceu o prazo até 30 de junho para que as obrigações assumidas pelas drogarias sejam cumpridas. O descumprimento ao TAC implicará, além das medidas judiciais e administrativas cabíveis, na aplicação imediata da multa no valor de R$ 500 por dia de atraso no cumprimento da obrigação e por item descumprido, até o efetivo cumprimento do que foi ajustado.

Legislação vigente

O Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/2003) garante aos idosos, no artigo 3º, inciso I, o atendimento preferencial imediato e individualizado junto aos órgãos públicos e privados prestadores de serviços à população. O artigo 1º expressa que o atendimento prioritário deve ser feito às pessoas com deficiência e idosos com idade igual ou superior a 60 anos.

O Decreto nº 5.296/2004, que regulamentou a Lei nº 10.048/2000, determina que os órgãos da administração pública direta, indireta e fundacional, as empresas prestadoras de serviços públicos e as instituições financeiras deverão dispensar atendimento prioritário às pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, assim como aos idosos.

Por fim, há ainda a Lei Municipal nº 6.241/2011, que garante às pessoas com deficiência física a ocupação dos primeiros lugares nas filas de todos os estabelecimentos públicos e particulares localizados no Município do Natal. 

terça-feira, 22 de abril de 2014

Mobilidade e qualidade vida >> Isenção de IPI deve ajudar a incentivar uso de bicicletas

 
Para debatedores, o impacto aos cofres públicos será pequeno, pois a medida provocará aumento nas compras do produto, enquanto os benefícios para consumidores, meio ambiente e saúde serão grandes
 
A isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre a importação, fabricação e comercialização de bicicletas “é uma política social de redistribuição de renda, intermodalidade e integração. É também uma política de sustentabilidade e distensionamento”, de acordo com o representante da ONG Rodas da Paz, Pérsio Davison, que participou de audiência na Subcomissão Permanente de Infraestrutura e 
Desenvolvimento Urbano na quarta-feira. Hoje, a alíquota do IPI é de 10%.

Segundo os debatedores, a solução para que o Brasil aqueça o mercado de bicicletas exige investimentos e esforços em três pontos principais: na infraestrutura para a segurança de quem pedala, na conscientização dos motoristas e na redução dos impostos.

O presidente da Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), Marcelo Maciel, disse que a produção nacional da bicicleta é onerada em 80% pela carga tributária. Para ele, a isenção do IPI não traria grande impacto aos cofres públicos, já que a queda no preço incentivaria a compra do produto no mercado formal.

Maciel afirmou que a desoneração do IPI para os automóveis, em 2012 e 2013, custou cerca de R$ 20 milhões por dia ao governo federal.

— Caso o governo abra mão do imposto das bicicletas, a renúncia representaria somente cerca de R$ 66 milhões em todo o ano de 2014. O valor para três anos equivale a onze dias do que se abriu mão no IPI dos automóveis — disse.

Os debatedores consideraram que a isenção do tributo seria também um projeto social, já que a bicicleta é utilizada principalmente por famílias de baixa renda do Norte e do Nordeste. Traria ainda benefícios como a melhoria do comércio de rua, com a construção de ciclovias; a diminuição do estresse por engarrafamentos; o aumento da qualidade de vida e da produtividade dos ciclistas; e a geração de empregos.

Estudo da Aliança Bike revelou que o aumento do ciclismo tem um potencial de reduzir em cerca de R$ 84 milhões os gastos anuais do SUS com o tratamento de doenças decorrentes do excesso de peso.

O representante do movimento Bicicleta para Todos, Daniel Guth, lembrou que o Brasil é um dos países com maior índice de mortalidade no trânsito, o que pode diminuir com a redução do uso de automóveis. 

Destacou ainda a poluição resultante do grande número de veículos motorizados nas ruas, com danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas. Guth citou dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicando que, na cidade de São Paulo, a poluição do ar tira um ano e meio do tempo de vida de cada pessoa ao causar doenças, infartos e bronquites crônicas.

Fonte: Jornal do Senado

O perigo ressurge >> Direita homenageia Adolf Hitler em Santa Catarina


"Homenagem" em aniversário de Adolf Hitler assusta itajaienses


Um amigo de Itajaí ficou assombrado ao se deparar com cartazes homenageando o aniversário de Adolf Hitler, ocorrido no domingo (20/4). As peças trazem a assinatura de White Front (algo como “Frente Branca”) e foram coladas em postes no Centro da Cidade. 

Nos cartazes, a imagem do líder nazista com a mensagem: “Heróis não morrem. Parabéns Führer”. 

A existência de um suposto grupo ou de simpatizantes do nazi-fascismo é algo novo e assustador para uma comunidade historicamente pacífica e plural.

Fonte: Blog do Saraiva 

Campanha de vacinação contra gripe tem início hoje

Começa nesta terça-feira a campanha de vacinação contra a gripe. As vacinas serão oferecidas nos postos de saúde até o dia 9 de maio e deverão ser imunizadas 61.444 pessoas que se encaixam nos grupos de risco classificados pelo Ministério da Saúde (idosos, crianças de seis meses a quatro anos, indígenas, presidiários, doentes crônicos, gestantes, trabalhadores da área da saúde e as mulheres no chamado "puerpério", período de até 45 dias após o parto).
 
Os idosos compõem o maior público-alvo da campanha, com 24.885 aptos a receberem a vacina. Serão também 17.742 crianças, 8.216 trabalhadores da saúde, além de um público variável de gestantes (cerca de 2.946 mulheres) e puérperas (484). Compõem o grupo de "doentes crônicos" 7.171 indivíduos com doenças cardíacas, pulmonares, obesos, transplantados renais, hipertensos e diabéticos.
 
O dia "D" da campanha acontecerá dia 26 deste mês, simultaneamente em todas as 48 Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município. A meta da Secretaria Municipal de Saúde é imunizar 80% do público-alvo da campanha que visa impedir o aparecimento de doenças graves, internações e óbitos causados pelo vírus da gripe. A vacina é eficiente contra os três subtipos mais comuns do vírus: H1N1, H3N2 e influenza B.
 

Pessoas com alergia à proteína do ovo e/ou deficiência na produção de anticorpos, inclusive aquelas em tratamento contra o câncer e Aids não deverão tomar a vacina por riscos e reações adversas. A Secretaria de Saúde ressalta que os doentes crônicos deverão apresentar prescrição médica para receber a vacina, e, que as crianças receberão duas doses da vacina, com espaço de tempo de um mês entre elas.

Em declínio >> Democratas de Mossoró entram em declínio após chegarem ao topo do poder no Estado

Rosalba tem dificuldades para ter aliadosRosalba tem dificuldades para ter aliadosDo topo à decadência. Assim pode ser resumida a situação do Democratas de Mossoró cujo expoente maior é o grupo chamado de rosalbismo.

Desde a década de 1980, quando se afastou politicamente dos tios, Carlos Augusto Rosado tinha como meta chegar ao Governo do Estado, repetindo o feito do pai, Dix-sept Rosado nos anos 1940.

A partir daí foi feito um projeto político para chegar ao poder passando pela Prefeitura de Mossoró, que iniciou com dificuldades em 1988 por conta da rejeição ao nome de Carlos Augusto que terminou lançando a esposa Rosalba Ciarlini à Prefeitura. Após três passagens bem avaliadas pelo poder tinha chegado a hora de dar o passo adiante ao sonho de chegar ao Governo, mas era preciso paciência.

Primeiro Rosalba conseguiu disputar e vencer para o Senado em 2006. Depois ela iniciou o trabalho para chegar ao Governo do Estado em 2010.

Nunca o rosalbismo teve tanto poder em mãos como a partir de 2011. Estava com a Prefeitura de Mossoró e o Governo do Estado.

Mas nas eleições de 2012 faltava um candidato para a Prefeitura de Mossoró. Enquanto tentavam convencer a prefeita Fafá Rosado a renunciar em favor da vice-prefeita Ruth Ciarlini, Larissa Rosado crescia nas pesquisas e se tornava favorita.

O rosalbismo só decidiu por Cláudia Regina em maio. A situação complicada obrigou o grupo a concentrar esforços em Mossoró. Acabou vencendo a mais conturbada eleição da história mossoroense, mas acabou sofrendo uma série de problemas na Justiça Eleitoral.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

As armadilhas das redes sociais

Especialistas analisam o comportamento de quem se expões no mundo virtual, como o jovem bacharel em direito que navegou recentemente pela internet rasgando cédulas de 100 reais 

A relação da super exposição nas mídias com a carência do “bicho-homem” é motivo de discussão entre psicólogos. A sociedade, desde que ganhou voz com o advento dos portais de internet e, mais recentemente, com os aplicativos de integração social que incluem desde aqueles para análise do antigo namorado aos que viabilizam a marcação de encontros com viés sexual, passou a encontrar nas mídias sociais um mundo paralelo, no qual tudo é permitido. As consequências, porém, parecem ser esquecidas.

A popularização da internet, que no Brasil já é consumida por mais de 100 milhões de brasileiros e, consequentemente, o surgimento das redes sociais, trouxe consigo autonomia e independência para a grande massa a partir dos anos 2000, com o hoje renegado Orkut. A partir dali, todos aqueles dispostos a criar um avatar, com a melhor foto e aprimorada descrição de si próprio, passaram a ter voz. O Facebook transpôs as fronteiras dos Estados Unidos e ganhou o mundo, colocando em contato velhos amigos e familiares moradores de cidades diferentes. O lado negativo, porém, surgiu com a exposição demasiada de pensamentos, fotografias e vídeos.

“A proporção do que é publicado é muito maior do que se imagina. E muita gente não tem consciência disso”, advertiu o consultor em Marketing para Internet, Glebe Duarte. A advertência tem relação com o perfil de muitos usuários das redes sociais, que podem usar qualquer fotografia, vídeo ou declaração contra quem postou. Para Glebe Duarte, as redes sociais, para a maioria das pessoas, se tornou um mecanismo de busca de consolo para a carência, cujo número de “curtidas e comentários” em determinada atividade expõe o quão querida, ou não, a pessoa é. “Tudo é reflexo da carência da raça humana”, comentou.

Entretanto, as pessoas não devem se abster das publicações, ressaltou Glebe Duarte. É preciso que haja uma análise prévia do quão importante a exteriorização de uma opinião, a publicação de um vídeo ou imagem é. “Tudo depende do tipo de informação que se publica. Minha postagem é necessária? Será útil para outras pessoas? São questionamentos que devem ser feitos antes da postagem. É preciso filtrar”, enfatizou Glebe Duarte.

A filtragem deve ocorrer justamente em decorrência dos riscos. E estes não se restringem aos portais de relacionamento, mas também aos aplicativos desenvolvidos para Smartphones. O Whatsapp, uma ferramenta de comunicação de texto, imagem e vídeo se transformou, em muitos casos, num reduto de escambo pornográfico, independente se do grupo de contatos façam parte apenas homens ou mulheres. “Não existe a necessidade de postar determinadas coisas. Se você não quer que seja visto, não publique. A internet não esquece nada”, comentou o consultor.

E foi através da rede mundial de computadores que alguns episódios ganharam notoriedade no Rio Grande do Norte. A jornalista potiguar Micheline Borges, em agosto do ano passado, comparou as médicas cubanas vindas para o Brasil através do Programa Mais Médico às empregadas domésticas que, segundo ela, são mal vestidas e descabeladas. O caso ganhou notoriedade nacional e o perfil do facebook de Micheline Borges foi excluído minutos após a postagem.

O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, Dilermando Motta, responde a um processo administrativo preliminar após ter sido filmado humilhando um garçom e dando voz de prisão a um homem que saiu em defesa do trabalhador numa padaria da Zona Sul de Natal. A opinião pública se voltou contra o desembargador após a publicação do vídeo nas redes sociais. “Quanto mais elevada for a posição social, maior será a repercussão, na sociedade, de uma atitude inconsequente. Nós estamos na era da exposição. É um Big Brother que não acaba nunca”, avaliou Glebe Duarte.


DO NOVO JORNAL

Incra investirá em estrutura de assentamentos >> Programa prevê a edificação de obras estruturais em áreas da reforma agrária

Instituto apresentou os critérios do chamamento público para a seleção de propostas de projetos

A Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) no Rio Grande do Norte apresentou os critérios do Chamamento Público para a seleção de propostas de apoio à infraestrutura em projetos de assentamentos. Esta semana, prefeitos e secretários de dez municípios dos territórios do Mato Grande e Assu/Mossoró conheceram detalhes do edital que deve investir cerca de R$ 100 milhões ao longo de 2014 em todo o País. O programa prevê a edificação de obras estruturais em áreas da reforma agrária beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida e do Plano Nacional de Habitação Rural (PNHR).

O chamamento público prevê a celebração de convênio entre o Incra e o município nas ações de implantação, complementação ou recuperação de estradas vicinais internas e de acesso aos assentamentos. O objetivo é estruturar os assentamentos, e assim, proporcionar às famílias os benefícios socioeconômicos mínimos, necessários à fixação do homem no campo, através da implantação ou melhoria da sua rede viária de acesso e moradia digna.

De acordo com o superintendente do Incra/RN, Íbero Hipólito, ainda essa semana deve ser realizada uma reunião com a equipe de infraestrutura do instituto agrário e os engenheiros dos municípios interessados para detalhar, ainda mais, as cláusulas e diretrizes do edital. “Estamos dispostos a ajudar no que for preciso, disponibilizando o conjunto de profissionais qualificados do Incra para que o máximo de municípios apresentem projetos que tragam melhoria de vida para as famílias da reforma agrária”, afirma o superintendente.

No edital, os municípios que apresentarem propostas com estratégias de integração com políticas públicas de implantação ou manutenção da infraestrutura com o uso de equipamentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), receberão pontuação adicional no processo de seleção. O chamamento também diz que os projetos que contemplam municípios do Norte e Nordeste têm prioridade.

Para propostas de investimentos conveniadas com recursos do edital público é obrigatório o desembolso de contrapartida, com percentuais indicados no documento. A elaboração dos projetos deve respeitar, entre outras orientações, a realização de um processo participativo que garanta a pactuação de responsabilidades e prazos, já que este ano é um ano eleitoral e demanda período com datas definidas pela Justiça.

Mais informações sobre o chamamento público podem ser adquiridas através do endereço eletrônico: http://www.incra.gov.br, no ícone serviços.

PT/RN organiza evento para debater as eleições 2014

10264449_4106610321596_71617007_n
Publicado por

O PT/RN realizará no dia 26 de abril (sábado), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, seu Encontro de Tática Eleitoral.

Participam do Encontro 200 delegados eleitos no PED (Processo de Eleição Direta) de 2013, dirigentes partidários e lideranças petistas do estado.

Durante o evento serão debatidos as táticas do Partido para as eleições de 2014.

Uma boa iniciativa >> MP realiza curso sobre práticas restaurativas nas escolas


por Diretoria de Comunicação do MP/RN

Promover um diálogo sobre mediação de conflitos na rede de ensino dentro do contexto do projeto Conte Até 10 nas Escolas, uma iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Esse foi o objetivo do curso sobre práticas restaurativas nas escolas realizado na sexta-feira, 11, pelo Ministério Público Estadual, aos professores da rede pública estadual.

O Promotor de Justiça de São Paulo  Antônio Carlos Osório Nunes,  foi o palestrante convidado do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Cidadania (CAOP Cidadania), para o curso realizado de manhã e à tarde, no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça, em Candelária.

Para o palestrante, encontros dessa natureza são relevantes para que se possa combater a violência em sua origem dentro das escolas. “Temos que enxergar na perspectiva de que o combate deve partir de uma parceria entre escola, Estado, família e sociedade”, destacou.

Segundo o Promotor de Justiça, 28 mil jovens morrem a cada ano vítimas da violência sendo, portanto,  um dever de todos - família, escola, sociedade e Estado – cuidar das crianças e adolescentes. Ao citar  o pensador norte-americano Henry Adams para enfatizar a importância do papel fundamental dos professores na vida dos cidadãos, Antônio Carlos disse que  “o professor se liga à eternidade, ele nunca sabe onde cessa a sua influência”.

Para a Promotora de Justiça Iveluska Lemos, Coordenadora do Caop Cidadania e uma das organizadoras do treinamento, a realização do projeto não seria possível sem a parceria com a Secretaria Estadual de Educação. “Temos uma imensa alegria de recebê-los no dia do hoje. Enfatizo que o Conte Até 10 não seria plenamente concebível sem a colaboração da Secretaria Estadual de Educação, que abraçou esse importante projeto do CNMP”, disse, na abertura do evento, que começou às 9h e será encerrado às 17h.

O projeto Conte Até 10 nas Escolas
O "Conte até 10 nas Escolas” é uma iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público, em parceria com a Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), integrada pelo CNMP, Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e Ministério da Justiça.

O objetivo é combater a violência nas escolas e prevenir homicídios cometidos por impulso, ou quaisquer outras atitudes violentas dentro desse âmbito. O foco na juventude justifica-se pela capacidade de transformação e de mobilização desse público e também porque o número de jovens vítimas de homicídios tem crescido assustadoramente nos últimos anos.

No Ministério Público do Rio Grande do Norte, a campanha foi lançada em fevereiro, quando o MPRN repassou à Secretaria Estadual de Educação a cartilha da Campanha, voltada para o ensino médio, com o objetivo de cultivar a paz nas escolas e disseminar a ideia de que “Valente mesmo é aquele que não briga”.

Reconhecimento >> Lula irá à Espanha e a Portugal e receberá título honoris causa em Salamanca

NOTA DO BLOG: Mediante a notícia (acima/abaixo), surge um questionamento: Por que será que mesmo Lula já tendo recebido inúmeros títulos da melhores universidades mundiais, ainda uma parte da classe política e a mídia nacional insistem em chamá-lo de analfabeto, de incompetente.... Será que é tão difícil aceitar o que ele (Lula) é considerado o maior e melhor presidente que o Brasil já teve, que ele é referência política mundial, que  todos os grandes líderes mundiais o considerem simplesmente O CARA...

 A MATÉRIA:
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajará na semana a Portugal e à Espanha, onde receberá na quarta-feira seu 27º título de doutorado honoris causa, desta vez concedido pela Universidade de Salamanca, informou neste sábado o Instituto Lula.

Em comunicado, o instituto afirmou que Lula viajará na terça-feira à Espanha e na quarta-feira será homenageado pelo "Campus de Excelência Internacional", fundado em 1218 e uma das universidades mais antigas do mundo.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajará na semana que vem a Portugal e à Espanha, onde receberá na quarta-feira seu 27º título de doutorado
 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva viajará na semana que vem a Portugal e à Espanha, onde receberá na quarta-feira seu 27º título de doutorado honoris causa, desta vez concedido pela Universidade de Salamanca, informou neste sábado o Instituto Lula. EFE/arquivo

O instituto lembrou que a Universidade de Salamanca já entregou o título de doutor honoris causa a outras personalidades como o escritor português José Saramago, o economista de Bangladesh e Nobel da Paz Muhammad Yunus, e o ex-presidente do Chile Ricardo Lagos, entre outros.

Segundo a universidade espanhola, citada no comunicado, Lula será homenageado pelo "impacto que a política educacional de seu governo teve, tanto no aumento da equidade social como na melhoria da eficiência".

Os resultados, acrescenta o texto, foram "conquistados mediante a valorização de todos os recursos intelectuais de que dispõe esse grande país amigo, especialmente dos provenientes dos setores sociais menos favorecidos".

Depois da cerimônia, Lula viajará na mesma quarta-feira a Portugal, onde se reunirá na quinta-feira em Lisboa com o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho e com o presidente Aníbal Cavaco Silva.

Na sexta-feira, antes de voltar a São Paulo, o ex-governante brasileiro participará da cerimônia pelos 40 anos da Revolução dos Cravos, que pôs fim à ditadura militar em Portugal, com a conferência "O 25 de abril visto desde fora", no Museu Oriente.

Fonte: Instituto Lula